VEREADORA PEDE QUE SUS ACEITE EXAMES DE INSTITUIÇÕES MÉDICAS PRIVADAS

Compartilhe!

A proposição de autoria da vereadora Marcilei Vignatti (UB), será encaminhada à presidência da República e ao Ministério da Saúde

Em sessão ordinária, o Poder Legislativo de Chapecó, aprovou Moção de Apelo, no que se refere a exclusividade do Sistema Único de Saúde (SUS) na realização de exames médicos para a avaliação e tratamento dos usuários do SUS. A proposição de autoria da vereadora Marcilei Vignatti (UB), será encaminhada à presidência da República e ao Ministério da Saúde.

A intenção da moção de apelo é para que se altere um decreto de 2011, que considera não ser mais possível a utilização de exames feitos na rede privada, como alternativa a demora da rede pública para o processo de continuidade de atendimento do médico do SUS e sequência no tratamento de saúde.

A vereadora Marcilei lembra que a possibilidade de utilizar exames realizados em laboratórios privados pode reduzir as filas de espera e proporcionar uma resposta mais rápida e eficiente aos pacientes. “A demora para um atendimento com especialista pela rede básica de saúde, em média, ultrapassa dois anos”, ressaltou.

O texto da moção ainda destaca “que saúde é um direito básico e de necessidade, por vezes, imediata, por isso a demora e as filas de espera significam a vida de quem precisa, tornando-se opcional atender apenas provindos do SUS”.

Com aprovação unânime, a moção de apelo será encaminhada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e para a ministra da Saúde, Nísia Trindade Lima.

Mais notícias

A defesa alega inocência do prefeito e confiar na justiça   O …

Somente no período de três anos e meio já foram …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?