QUAL A RELAÇÃO DAS DORES ARTICULARES E A CHEGADA DO FRIO?

Compartilhe!

As dores estão associadas à queda de pressão e temperatura ambientais. Confira

“Meu joelho está doendo… Acho que vai chover ou vai esfriar”. Essa frase ouvimos muito dos nossos avós e pais e faz muito sentido. De acordo com o ortopedista, Mauricio Fabiani, as dores nas articulações com a chegada do frio estão associadas à queda de pressão e temperatura ambientais. As dores tendem a ser ainda mais intensas em locais previamente lesionados ou se a pessoa sofre de alguma doença, como artrite e artrose.

Em um estudo recente da Escola de Medicina da Universidade Harvard (EUA) e do Centro de Gerenciamento da Dor no Brigham and  Women’s Hospital, em Boston (EUA), 67% dos entrevistados responderam que sentem mais dor quando uma mudança brusca no clima se aproxima. Segundo o ortopedista, essa relação se dá por conta da variação na pressão atmosférica.

Ele também explica que os músculos se contraem na tentativa de produzir calor, aumentando a tensão nas fibras musculares. Outro fator é o fenômeno chamado de vasoconstrição periférica: os vasos sanguíneos das extremidades se contraem e direcionam o sangue para o tronco, a fim de manter uma temperatura favorável aos órgãos vitais (cérebro, coração, pulmão e outros órgãos internos). Com isso, os músculos e as articulações recebem um menor aporte sanguíneo, o que acarreta na redução do seu efeito de proteção articular durante o movimento e ficando mais sensível à dor.

Para prevenir as dores articulares, a melhor opção é não ficar parado. Fabiani orienta que muitos deixam de fazer exercícios com a chegada do frio, mas ficar em movimento é justamente a melhor maneira de evitar os desconfortos físicos trazidos por esta época do ano.

Mais notícias

Duas pessoas foram presas Na manhã de hoje, a Polícia …

Campeonato foi em São José   No último fim de semana, atletas …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?