PREFEITURA DE CHAPECÓ LANÇA NOVO PACOTE DE R$ 200 MILHÕES EM OBRAS

Compartilhe!

Ato foi realizado na tarde desta quinta-feira, no Centro Empresarial de Chapecó

A Administração Municipal lançou um novo pacote de R$ 200 milhões em obras, em ato realizado na tarde desta quinta-feira, no Centro Empresarial de Chapecó. O prefeito João Rodrigues fez a apresentação das obras, algumas já com ordem de serviço, como o Elevado da Efapi, no valor de R$ 9,3 milhões, outras em fase de elaboração de licitação, que serão lançadas em breve.

Uma das novidades é o novo Centro Administrativo, que terá seis andares e vai abrigar a parte administrativa, gabinete, RH, Secretaria de Fazenda e Secretaria de Educação, entre outras estruturas. O prédio terá seis andares, será construído nos fundos da atual sede administrativa e, quando tiver concluído, a área onde atualmente funciona a Prefeitura servirá de estacionamento.

O objetivo é centralizar serviços. Hoje para pagar tributo é num lugar, projetos é em outro, Educação em outro. Com isso vamos ter tudo num lugar e economizar com aluguéis. O custo será de R$ 85 milhões. Disso devemos ter R$ 30 milhões da Secretaria de Educação, mais uns R$ 25 milhões a R$ 30 milhões do terreno do Mercado Público, que compramos por R$ 4 milhões. Além disso vamos leiloar a área da atual secretaria de Educação e a antiga Prefeitura, no valor de R$ 20 milhões. Com isso vamos deixar de ter locais antigos e tudo picado e centralizar num prédio moderno que vai atender a demanda para os próximos 50 anos”, disse Rodrigues.

O prefeito disse que está sendo encaminhada a licitação da primeira etapa do Autódromo Internacional de Chapecó, no valor de R$ 36 milhões. A obra total vai passar dos R$ 50 milhões e terá recursos da Prefeitura e do Governo do Estado.

Também foi apresentado pela empresa Prosul o projeto da nova sede da Câmara de Vereadores, que terá 15 mil metros quadrados. A obra, no valor de R$ 18,8 milhões, será construída atrás do ginásio Ivo Silveira. A licitação será lançada em breve, gerando uma economia de aluguéis de R$ 70 mil por ano.

Após a conclusão da sede da Câmara de Vereadores e da Arena Chapecó, no Belvedere, o Ivo Silveira será demolido para dar lugar a estacionamento. Além da Arena Chapecó será construído mais um ginásio no Verdão.

E a avenida Getúlio Vargas, que no início do ano teve inaugurado o Prolongamento Sul, agora terá um Prolongamento Norte, até o Belvedere, em parceria da Prefeitura com a iniciativa privada.

Na Efapi a avenida Ernesto de Marco, antiga Araras, será duplicada, num trecho de 2km da avenida Leopoldo Sander até a rotatória da Unochapecó. O investimento previsto para licitação é de R$ 16 milhões.

Outro investimento na Efapi será o novo pavilhão do Parque Dr. Valmor Lunardi, no valor de R$ 15 milhões, que vai substituir o pavilhão III.

Durante o evento do Centro Empresarial foram anunciados o alargamento das ruas Borges de Medeiros, do Fórum até a John Kennedy, e a rua Uruguai, da rua Mato Grosso até o Hospital da Criança. Nesse trecho também terão melhorias a João XXIII e a Ventura Migliorini, até o Contorno Viário Oeste. Só nos alargamentos e melhorias serão investidos cerca de R$ 20 milhões.

O prefeito anunciou ainda investimento de R$ 1,3 milhão na iluminação da BR-480, no trecho de acesso para a BR-282. Essa é uma rodovia federal mas, diante de um problema que persiste desde que a obra foi entregue, o município resolveu assumir. Como ainda não foi atendido o pedido de municipalização do trecho, junto ao DNIT, o município aprovou um projeto na Câmara de Vereadores, que permite fazer os investimentos.

Rodrigues disse que, com esses investimentos, serão mais de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura concluídas ou lançadas durante o mandato. E lembrou que Chapecó é a oitava cidade do Brasil que mais investe, de acordo com Ranking de Competitividade dos Municípios.

O presidente do Centro Empresarial de Chapecó, Marcos Barbieri, destacou o volume de investimentos anunciados pela Prefeitura.

Muito feliz com o evento, pois a Administração Municipal ao anunciar as obras, algumas em primeira mão, valoriza o setor produtivo, que recolhe os impostos. Isso faz a diferença”, disse Barbieri.

Também estiveram presentes no ato o presidente da Câmara de Vereadores, André Kovaleski, além de outros vereadores e lideranças.

Mais notícias

Duas pessoas foram presas Na manhã de hoje, a Polícia …

Campeonato foi em São José   No último fim de semana, atletas …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?