POLÍCIA CIVIL CONCLUI INVESTIGAÇÃO DE LOJISTA DE MÓVEIS QUE APLICOU GOLPES A CLIENTES E FORNECEDORES

Compartilhe!

O prejuízo causado ultrapassa o valor de R$ 2 milhões

Chapecó/SC – A polícia civil concluiu a investigação envolvendo o proprietário de uma loja de fabricação de móveis, que lesou diversos clientes e fornecedores de Chapecó e região.

De acordo com a autoridade policial, no inquérito foram identificadas 38 vítimas, cujo prejuízo ultrapassa 2 milhões de reais.

Nas diligências efetuadas apurou-se que o proprietário da empresa agiu com dolo, ou seja, premeditou o prejuízo aos clientes, visto que transferiu para familiares e terceiros os bens registrados em seu nome e da empresa.

Também foi possível provar que o autor adquiriu bens em nome de familiares e de terceiros, com dinheiro proveniente do golpe aplicado às vítimas.

Apesar de todas as diligências efetuadas pela 1ª Delegacia de Polícia de Chapecó, o autor do crime de estelionato não foi localizado e também não se apresentou à autoridade policial para prestar esclarecimentos, estando em local incerto e não sabido.

Diante das 38 condutas delituosas, o responsável pela empresa foi indiciado pelo crime de estelionato, sendo representado pela autoridade policial a decretação de sua prisão preventiva.

Foto: Polícia Civil/SC

Mais notícias

Ele não possuía CHN, segundo a PM Xanxerê/SC – O acidente …

Foi durante ação da polícia militar Chapecó/SC – Em rondas pelo …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?