POLÍCIA CIENTÍFICA DESTACA NOVA SEDE EM SESSÃO ORDINÁRIA

Compartilhe!

O requerimento de autoria do vereador Fernando Cordeiro (PL), convidou o superintendente Regional, Felipe Braga, para prestar os esclarecimentos

Os atendimentos, a estrutura e a nova sede da Polícia Científica de Chapecó, foram assuntos discutidos em sessão ordinária desta quinta-feira (23), no Poder Legislativo de Chapecó. O requerimento de autoria do vereador Fernando Cordeiro (PL), convidou o superintendente Regional, Felipe Braga, para prestar os esclarecimentos.

Ao relatar sobre o trabalho desenvolvido pela Polícia Científica, Felipe Braga destacou os serviços prestados principalmente nas áreas criminalística e de medicina legal. Segundo ele, em Santa Catarina, há nove superintendências, 22 núcleos regionais e 286 postos de identificação. No estado, ano passado, foram emitidos 109.468 laudos e cerca de 650 mil carteiras de identidade. “Atualmente, contamos com um perito para cada 25 mil habitantes”, revelou.

Somente em Chapecó, a Polícia Científica presta seus serviços em dois locais. No bairro Passo dos Fortes, a estrutura abrange os trabalhos de criminalística e identificação civil. Já no Hospital Regional do Oeste, funciona o necrotério que atende 22 municípios.

Felipe Braga ainda falou sobre a nova sede da Polícia Científica, que segundo ele, trará melhor estrutura de atendimento e concentrará todos os serviços em apenas um local. “O projeto do novo local ainda está em elaboração. Após finalizado, será possível iniciar a construção que deve custar R$ 10 milhões, num prazo de 26 meses para ser concluída.

Os vereadores ainda fizeram questionamentos, apontaram observações e elogiaram os trabalhos da Polícia Científica. Além disso, cobraram por parte do Governo do Estado, agilidade no andamento da construção da nova sede.

Mais notícias

Ele não possuía CHN, segundo a PM Xanxerê/SC – O acidente …

Foi durante ação da polícia militar Chapecó/SC – Em rondas pelo …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?