NÚCLEO DE SUCESSÃO: ACIC DE CHAPECÓ TERÁ O PRIMEIRO DO ESTADO

Compartilhe!

Uma reunião foi realizada nesta semana. Entenda

“A sucessão começa no primeiro dia de uma empresa”, frisou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), Helon Rebelatto. Na manhã da última quinta-feira (4), na sede da entidade, empresários foram reunidos para planejar o lançamento do Núcleo de Sucessão, uma demanda urgente que surgiu dos associados.

Rebelatto compreende que a sucessão empresarial é um tema amplo que vai além da mera transferência de bens para herdeiros. “A sucessão dentro da empresa começa no primeiro dia em que é aberta. Precisamos pensar, pois é uma demanda que veio nos momentos de cafés com antigos e novos associados e nos conselhos deliberativo e consultivo. Empresas devem refletir sobre isso. A maioria das vezes não estão preparados quando chega a hora”, mencionou.

A ACIC terá o primeiro Núcleo de Sucessão de Santa Catarina. “Em nossa região, onde a principal característica são as empresas familiares, nada mais justo do que iniciarmos este grupo,” indicou o presidente.

A diretora dos núcleos empresariais, Cleunice Zanella, explicou que o Núcleo de Sucessão nasceu com o objetivo de garantir a continuidade e a sustentabilidade da organização, empresa ou instituição ao planejar e preparar a transição de liderança de maneira estruturada e eficiente, por meio de debates, capacitações e compartilhamento de boas práticas.

Cleunice destacou a significância da sucessão para a perpetuação e o sucesso das empresas, sejam elas familiares ou não. “Para garantir que as organizações já estabelecidas tenham uma sucessão adequada, organizada e eficiente, é fundamental que os empresários se preparem para esse momento. Um grande objetivo do Núcleo de Sucessão é trazer a discussão sobre este tema, preparando-as para o momento de transição que inevitavelmente acontecerá. Esse processo precisa ser planejado e para não ocorrer de forma abrupta por alguma demanda específica.”

O Núcleo de Sucessão ficou composto pela coordenadora Beatriz Sperandio, o vice-coordenador Felipe Schawmbach, o tesoureiro Vinicius Barozzi e o secretário João Signor.

“Como sucessora, gostaria de ter recebido uma troca maior de experiências antes, e acredito que esse núcleo proporcionará exatamente isso. A iniciativa é diferente porque engloba tanto os sucedidos quanto os sucessores, e cada um tem suas dores e necessidades, além das demandas da empresa. Acredito que estamos formando um grupo extremamente rico, capaz de criar um núcleo, que se tornará uma referência no estado,” enfatizou a nova coordenadora Beatriz.

Mais notícias

Somente no período de três anos e meio já foram …

Confira os detalhes    Está disponível no site da Universidade do Estado …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?