FERNANDO DOESSE AGORA É NOME DE RUA EM CHAPECÓ

Compartilhe!

Projeto de Lei foi aprovado nesta terça-feira

Fernando Doesse agora é nome de rua em Chapecó. O narrador esportivo foi homenageado pelo Poder Legislativo do município.

O projeto de Lei número 104/2024, de autoria da vereadora Sueli Suttili (PSD), foi aprovado na tarde desta terça-feira (02), pela Câmara de Vereadores. Todos os 19 parlamentares presentes em plenário votaram favoráveis, em duas votações, dias 1º e 2 e julho de 2024.

A vereadora proponente justificou a iniciativa em manifestação na tribuna da casa. Após a fala de Sueli Suttili, os também vereadores Paulinho da Silva (PCdoB), Nelson Krombauer (PP) e Dr. João Marques Rosa (União Brasil) usaram da palavra. Dr. João citou um gol narrado por Fernando Doesse em vitória da Chapecoense sobre o Grêmio, de virada, em Porto Alegre/RS. O gol de Apodi foi reproduzido em som e imagem nos monitores da Câmara Municipal.

Segundo o Projeto de Lei da vereadora Sueli, fica denominada Rua Fernando Schardong (Fernando Doesse) a atual Rua B, abrangendo as quadras n. 4900, 5607, 5608, 5609, 5610, 5611, 5612, 5613, 5614, 5615, 5616, 5432, 5437, 5442, do Loteamento Vederti III, na cidade de Chapecó.

O projeto deve ser sancionado ainda nesta semana pelo prefeito João Rodrigues (PSD).

Foto: CMC/Divulgação

Fernando Schardong nasceu em 4 de julho de 1968, em Ibirubá, Rio Grande do Sul. Em maio de 1988, casou-se com Marla Ivana Meinen Schardong, com quem teve duas filhas, Emanuele e Monique. Em novembro de 2005, a família mudou para Chapecó, onde Fernando começou a trabalhar na Rádio Chapecó 1330.

Fernando dedicou-se integralmente a profissão de radialista, jornalista e narrador de futebol. Como narrador esportivo, em 1995, viajou a Tóquio para cobrir a final do mundial Grêmio x Ajax.

Em 2011, ficou entre os três primeiros lugares como melhor narrador de Santa Catarina no Prêmio ACAERT e, em 2012, ganhou o Troféu Microfone de Ouro da ACAERT como melhor narrador de Santa Catarina, evento realizado em Joinville.

Na Rádio Chapecó apresentou o programa “Sertão em Festa” de segunda a sexta-feira, era coordenador da equipe de esportes e apresentava o “Programa Debate Esportivo” diariamente. Como narrador da equipe de esportes da rádio, viajou por todo o Brasil narrando os jogos da Chapecoense e esteve presente em todos os momentos em que o clube subiu de série.

Fernando estava em ascensão em sua carreira quando faleceu em 28 de novembro de 2016, em La Unión, Antioquia – Colômbia, devido ao acidente aéreo da Chapecoense que levava jogadores, convidados, comissão técnica e jornalistas. No Brasil, já era dia 29 de novembro de 2016. Deixou a esposa Marla Ivana, as filhas Emanuele e Monique, o neto Victor Schardong Di Sopra, seu pai Ernani Schardong (falecido em 19/10/2020), sua mãe Terezinha Schardong, que atualmente reside em Chapecó, e o neto Caetano, nascido em 09 de setembro de 2017, dez meses após o acidente.

Foto: Arquivo pessoal

Mais notícias

Todos residiam em Chapecó e estariam se dirigindo a um …

Ocorrência foi atendida por volta das 13h Uma mulher de 22 …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?