CICLOVIAS EM CHAPECÓ: INVESTIMENTO EM SEGURANÇA E MOBILIDADE URBANA

Compartilhe!

Desde 2014, com a implementação do Plano Diretor, os novos loteamentos da cidade são obrigados a incluir ciclovias em suas estruturas

Chapecó tem visto um crescente número de ciclistas pelas suas ruas, e o motivo é claro: segurança e praticidade. Antonelli Kirchner, ciclista mirim, expressa isso claramente: “É melhor porque temos mais segurança. Eu sei que os carros não vão atropelar a gente. Eu me sinto mais segura.”

Desde 2014, com a implementação do Plano Diretor, os novos loteamentos da cidade são obrigados a incluir ciclovias em suas estruturas. Maurício Lise da Rocha, Secretário de Desenvolvimento Sustentável e Obras Estruturantes, explica: “Em 2014 foi aprovada a Lei 541. Esse plano diretor nos exige para todos os parcelamentos de solos, a ciclovia.”

Essa medida não apenas oferece um espaço seguro para a prática esportiva, mas também promove um novo modelo de transporte para os chapecoenses. Até o momento, 24 novos loteamentos foram aprovados com ciclovias, o que representa um avanço significativo na mobilidade urbana da cidade.

Além dos novos loteamentos, as obras estruturantes de Chapecó também estão sendo projetadas com a inclusão de ciclofaixas, destaca Mauricio.

A população tem reconhecido a importância dessas medidas. Aland Waldow, outro ciclista, ressalta: “O trânsito de Chapecó tá bem complicado em algumas regiões, a cidade cresceu muito e aí quem é ciclista, mesmo de final de semana, acaba ficando meio sem opção de onde passear, onde andar. Eu acho que a ciclofaixa, como em outros países desenvolvidos, é muito importante, acaba facilitando muito a prática do exercício do ciclismo.”

Paulo Eduardo Kirchner, compartilha da mesma opinião: “Então, você transitar numa via onde você vai andar junto com os veículos, você tem um risco muito maior e o pessoal mais frágil então você tendo um local exclusivo pra você ou tendo prioridade e as pessoas entendendo isso fica mais fácil pra você ter a segurança e chegar bem no seu trabalho, na sua casa fazer um passeio com a família principalmente uma ciclovia que dá muito mais segurança muitas pessoas acabam querendo pedalar, mas tem medo de sair da cidade, do centro da cidade devido a esse grande risco principal.”

As ciclofaixas não apenas oferecem segurança para os ciclistas, mas também contribuem para a fluidez do tráfego, como destaca André Luiz Carneiro: “A faixa é uma faixa de segurança, quando o ciclista ele usa a faixa tanto para ir, tanto quanto para voltar, para ter sua segurança em cima da rodovia porque aqui é um acesso movimentado, passa bastante caminhão, carro e aqui pelo menos nessa faixa onde ela está pintada é uma faixa para ceder segurança para o ciclista.”

Fotos: Francisco Lund Junior/PMC

Com investimentos contínuos em infraestrutura cicloviária, Chapecó caminha para se tornar uma cidade cada vez mais amigável para os ciclistas, promovendo uma mobilidade urbana sustentável e segura para todos os seus cidadãos.

Mais notícias

A vítima foi encontrada sem vida às margens da rodovia Vargeão/SC …

A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo Chapecó/SC …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?