CHAPECÓ: CENTRO EMPRESARIAL DESTACA DIA DA INDÚSTRIA

Compartilhe!

Entre as 17 associações e sindicatos empresariais que fazem parte do CEC, oito representam o setor industrial e têm atuação em 110 municípios da região

A passagem do Dia da Indústria neste sábado, 25 maio, é destacada pelo Centro Empresarial de Chapecó (CEC) como referência para um segmento da economia que se destaca no Oeste de Santa Catarina. Entre as 17 associações e sindicatos empresariais que fazem parte do CEC, oito representam o setor industrial e têm atuação em 110 municípios da região.

Ao avaliar a data, o presidente do Centro Empresarial, Marcos Antonio Barbieri, assinala a representatividade da indústria no Oeste Catarinense, por seus empresários e trabalhadores. Cita a expressão que possuem segmentos como o agroindustrial e o metalmecânico, com significativa atuação não somente no mercado interno como também no comércio internacional. O dirigente faz distinção ainda para outros segmentos que congregam empresas de pequeno e médio portes na região, como as indústrias moveleiras, da construção civil, de material plástico, de cerâmicas e de alimentação.

Das 17 filiadas ao CEC, possuem relação com o setor industrial a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) e os sindicatos que reúnem as Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico (Simec), as Indústrias de Alimentação do Oeste Catarinense (Sindialimentos), a Indústria da Construção Civil (Sinduscon), a Indústria Madeireira e Moveleira (Simovale), a Indústria do Material Plástico do Oeste Catarinense (Sindiplasc) e as Indústrias de Olaria e Cerâmica para Construção, Mármores e Granitos (Sicec).

ORIGEM DA DATA

Celebrado anualmente em 25 de maio, o Dia da Indústria destaca o setor secundário da economia, que no Brasil começou a ser industrializado a partir do governo de Getúlio Vargas e depois com Juscelino Kubitschek. A data foi escolhida em homenagem a Roberto Simonsen, considerado o patrono da indústria nacional, que faleceu em 25 de maio de 1948. Administrador e engenheiro, ele foi industrial, professor, historiador e político, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e presidiu a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Mais notícias

A área tem aproximadamente seis hectares Jaborá/SC - O flagrante se …

O bebê nasceu dentro da ambulância do Corpo de Bombeiros Cunha …

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?